Nova Friburgo é uma das cidades com maior índice de maus tratos aos animais

415 visualizações

“Um animal sofre maus tratos a cada dois dias no estado do Rio de Janeiro”, diz ISP. Cachorros lideram as ocorrências, seguidos por gatos e aves

Dados inéditos divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) mostram que, em 2022, foram 252 registros de crueldade contra animais e maus-tratos contra animais silvestres, ou seja, a cada dois dias um animal é vítima de um crime. Os cachorros foram os mais mencionados nos registros de ocorrência (174 vezes), seguido pelos gatos (47) e aves (23). Ao todo, foram citadas 11 espécies diferentes.

Os maiores agressores foram os próprios tutores (68,7%) e a residência foi o local de maior ocorrência, com 54% do total. Cerca da metade dos animais foram resgatados de alguma forma.

“Divulgar esses dados no Dia Nacional dos Animais é importante para conscientizar a sociedade e mostrar que maus-tratos e crueldade contra os animais é crime e pode levar a prisão. O crime de maus-tratos está tipificado na Lei de Crimes Ambientais e, em se tratando de cães e gatos, a pena prevê, além da perda da guarda do pet, até cinco anos de reclusão”, explicou a diretora-presidente do ISP, Marcela Ortiz.

Ao analisar as ocorrências por local de registro, é possível identificar que a maior parte foi feita na 42ª DP (Recreio), seguida pela 110ª DP (Teresópolis) e 151ª DP (Nova Friburgo).

Comemorado nesta terça-feira (14/03), o Dia Nacional dos Animais foi criado para conscientizar a população sobre a preservação da vida, com a finalidade de combater os maus-tratos e demais formas de violência contra os animais domésticos, silvestres e exóticos.

Como denunciar:

Para denunciar maus tratos aos animais, qualquer pessoa pode entrar em contato com a Central 190 da Polícia Militar ou com o Comando de Polícia Ambiental (CPAm) pelo telefone (21) 2334-7634. A denúncia também pode ser feita em qualquer delegacia de Polícia Civil do estado e ainda pela Linha Verde, do Disque-Denúncia (0300-253-1177). O anonimato é garantido.

A reprodução deste conteúdo em parte ou em sua totalidade, sem prévia autorização, pode acarretar em violação dos direitos autorais e resultar em uma ação judicial.

Redes Sociais do EcoSerrano

Telegram
Grupo de Whatsapp 3
Grupo de Whatsapp 2 (lotado)  
Grupo de Whatsapp 1 (lotado) 
Instagram: @ecoserrano
Facebook: @ecoserranoo
Twitter: @serrano_eco

Youtube: EcoSerrano

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies
error: Content is protected !!