Carro bate em poste, em Nova Friburgo

Para que serve a Sec. de Ordem e Mobilidade Urbana de Nova Friburgo?

584 visualizações

Diante das tragédias recentes, a população questiona o trabalho do poder público para evitar acidentes. Resposta impressiona

Nova Friburgo, conhecida por suas belezas naturais, vive um paradoxo. Enquanto seus moradores apreciam as paisagens deslumbrantes, enfrentam diariamente um verdadeiro pesadelo nas ruas e avenidas. Com um número alarmante de ocorrências de trânsito, que resultam em feridos graves e vítimas fatais, a cidade parece estar à mercê do caos viário. E o que faz a Secretaria de Mobilidade Urbana (Smomu) para resolver isso? Aparentemente, muito pouco.

A partir de agora, os moradores de Nova Friburgo e região serrana contam com um novo canal para compartilhar denúncias, acidentes e flagrantes. LINK PARA O CANAL: https://chat.whatsapp.com/ERr5AYCO0Nq0g0KXQC21iL

Os semáforos inteligentes, a grande aposta da Smomu, foram instalados por toda a cidade. Esses dispositivos, que prometiam trazer mais segurança e organização no trânsito, rapidamente se mostraram eficientes apenas em uma coisa: multar motoristas. Sim, os semáforos não parecem ter reduzido as batidas ou atropelamentos, mas certamente contribuíram para os cofres municipais com uma avalanche de multas. Afinal, parece que a prioridade não é educar os motoristas, mas meramente puni-los. Além disso, nem o monitoramento eficaz do trânsito tem sido realizado, visto que no último mês, agentes de trânsito enviaram uma carta ao secretário comunicando que não aplicariam mais multas no trajeto que envolve a RJ 116 por entenderem que essa responsabilidade não seria do município.

E o que dizer das reuniões e tentativas de contato com o chefe da pasta? Quando o Secretário de Mobilidade Urbana, Renato Souza, é convidado, sua ausência é praticamente garantida. A impressão que fica é que enfrentar perguntas difíceis e prestar contas à população não está nos planos. Talvez, porque não há muitas respostas convincentes a serem dadas sobre um plano eficaz de redução de ocorrências no trânsito.

O programa Cidade Inteligente de Nova Friburgo, que inclui câmeras de monitoramento, também parece mais uma peça decorativa do que uma ferramenta prática. Não há dados coletados que resultem em campanhas educativas ou ações concretas para reduzir feridos, mortes e colisões. As câmeras, assim como os semáforos, se tornaram um símbolo de uma estratégia de fiscalização focada em penalizar ao invés de prevenir.

Os pontos críticos da cidade, como a RJ 116, próximo ao Hotel Vila Suíça, a Ponte da Saudade, a Av. Gov. Roberto Silveira e o trevo de Duas Pedras, continuam a ser palco de tragédias diárias. E a conservação das pistas? Bem, essa parece ser uma questão relegada ao esquecimento. Enquanto a Smomu evitar um planejamento a longo prazo para educar motoristas e, com isso, fazer a sua parte, segue a missão de encher os motoristas de multas, em sua grande maioria, corretas.

O EcoSerrano enviou uma lista de perguntas ao secretário da Smomu, Renato Souza, no entanto, assim como tem sido de forma frequente, o portal foi ignorado. As perguntas tinham o intuito de esclarecer para a população de que forma a pasta tem se mostrado sensível às perdas humanas, vítimas com ferimentos graves e perdas materiais dos friburguenses. Os questionamentos foram:
Em meio ao cenário alarmante de ocorrências no trânsito, quais ações a Smomu tem implementado para promover a educação no trânsito e prevenir batidas e atropelamentos em Nova Friburgo?

  1. Além dos semáforos inteligentes, quais outras medidas estão sendo consideradas ou implementadas para melhorar a segurança viária na cidade?
  2. Como a Smomu pretende lidar com a questão da conservação das pistas, que é apontada como uma das causas principais das ocorrências de trânsito?
  3. Considerando que muitas ocorrências se repetem em locais específicos da cidade, há planos para uma intervenção mais direta nessas áreas problemáticas? Se sim, quais são esses planos?
  4. Diante da percepção de que os semáforos inteligentes não têm sido tão eficazes quanto o esperado, a Smomu está avaliando outras estratégias para lidar com o trânsito caótico e os índices elevados de ocorrências?

A reprodução deste conteúdo em parte ou em sua totalidade, sem prévia autorização, pode acarretar em violação dos direitos autorais e resultar em uma ação judicial.

Redes Sociais do EcoSerrano

Whatsapp EcoSerrano Ocorrências: https://chat.whatsapp.com/ERr5AYCO0Nq0g0KXQC21iL

Telegram
Grupo de Whatsapp 3
Grupo de Whatsapp 2 (lotado)  
Grupo de Whatsapp 1 (lotado) 
Instagram: @ecoserrano
Facebook: @ecoserranoo
Twitter: @serrano_eco

Youtube: EcoSerrano

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies