Agroecologia e orgânicos será tema da 1ª edição da Mostra da Socioagrobiodiversidade

137 visualizações

Dentre as diversas atividades, a Feira Biocultural será uma das atrações. Proposta por meio de Chamada Pública, cerca de 20 expositores com diferentes formações e atuantes na cadeia da Socioagrobiodiversidade, estarão expondo produtos, atividades, experiências ou ações de base sustentável

A primeira edição da Mostra da Socioagrobiodiversidade acontece no próximo sábado 11, das 9h às 19h, na Usina Cultural Energisa Nova Friburgo, com entrada gratuita. Essa mostra é uma realização de Na rede com Scheila, tem patrocínio da Energisa e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

O evento conta ainda com o apoio da Fundação Ormeo Junqueira Botelho, além das parcerias com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – (Centro de Filosofia e Ciências Humanas – CFCH / Instituto de Psicologia – IP / Diretoria Adjunta de Extensão – DAEXT), com o Programa de Extensão Saberes e Ocupações Tradicionais; com a Reserva Ecológica Rio Bonito de Lumiar- Rebio, e com os projetos Takakurando, Organokits, Reciclotrom e Instituto Araticum.

A Mostra terá seis edições temáticas diferentes que acontecerão até julho, sempre no segundo sábado de cada mês. Neste primeiro encontro o tema abordado será Agroecologia e orgânicos. Dentre as diversas atividades, a Feira Biocultural será uma das atrações. Proposta por meio de Chamada Pública, cerca de 20 expositores com diferentes formações e atuantes na cadeia da Socioagrobiodiversidade, estarão expondo produtos, atividades, experiências ou ações de base sustentável.

Outra atividade será a Roda de Conversa, mediada pela bióloga e agricultora, Nina Celli Ramos. O objetivo da ação é proporcionar discussões, interações e troca de saberes entre palestrantes e participantes. Os debates serão proporcionados por agentes locais e regionais reconhecidos da Socioagrobiodiversidade, como os produtores Guilherme Erthal, da Fazenda Monte Cristo, em Trajano de Moraes, que explanará sobre produção agroecológica; Maycon Miller, do “Orgânicos Miller”, localizado nos Três Picos, em Nova Friburgo, que conversará sobre a produção orgânica, além da participação de Tomé Lima, da Tal Permacultura, que falará sobre permacultura e bioconstrução.

A 1ª Mostra da Socioagrobiodiversidade terá ainda exposição fotográfica de registros dos saberes de montanha, da fauna, flora, paisagens e astrofotografia; partes integrantes dos acervos pessoais dos fotógrafos: Alê Rifan, Carpe Projetos Socioambientais, Juliana Venturelli, Orgânicos Miller, Organokits Práticas Sustentáveis, Projeto Takakurando, Sergio Siciliano e Tal Permacultura.

O evento traz ainda a Oficina Socioeducativa sobre o conceito da “Alimentação viva”, com Esteban Magrini, em que mostrará diferentes técnicas e formas de preparo dos alimentos vivos. Esteban ensinará a fazer alimentos fermentados, germinados, chucrute, crackers de sementes, docinhos vivos e falará sobre o processo de desidratação dos alimentos.

Cultura também será abordada na Mostra e terá a apresentação do grupo Oficina Escola As Mãos de Luz, do distrito de Lumiar, que fará contação de histórias e a apresentação da “Brincadeira do Boi de Luz”. Trata-se de um espetáculo teatral e musical vivo, dinâmico e interativo. Aborda temáticas atuais e conteúdo que envolvem as mais variadas tradições em torno do Bumba meu boi, personagem forte da cultura brasileira. A Brincadeira do Boi de Luz tem a intenção de levar ao público uma mensagem de alegria, união, força e amor para demonstrar que os valores humanos são capazes de gerar mudanças positivas internas e externamente.

Horários das atividades (Programação sujeita à alteração)

9h – Abertura da 1ª Mostra da Socioagrobiodiversidade

  • Feira Biocultural (produtores locais e regionais)
  • Exposição fotográfica – acervos particulares de: Alê Rifan, Carpe Projetos Socioambientais, Juliana Venturelli, Orgânicos Miller, Organokits Práticas Sustentáveis, Projeto Takakurando, Sergio Siciliano e Tal Permacultura.

9h30 – Apresentação da Mostra (Teatro)

10h às 12h – Oficina Socioeducativa

  • “Alimentação Viva” – Esteban B. Magrini

14h às 16h – Roda de Conversa (Experiências)

Guilherme Erthal – Engenheiro Agrônomo, dedica seus estudos à sistemas de produção sustentáveis que tenham a dinâmica natural como princípios. Integrou grupos de Agroecologia da Universidade Federal de Viçosa, mais especificamente o Grupo Apêti de Agroflorestas, onde desenvolveu seus estudos a luz dos Sistemas Agroflorestais Sucessionais. Mudou-se para Trajano de Morais em 2013 buscando praticar os princípios que acredita.

Maycon Miller – Formado em técnico em administração pelo Colégio Agrícola Ibelga, há oito anos trabalha com agricultura orgânica, certificada pela Associação dos Agricultores Biológicos do Estado do Rio de Janeiro (ABIO). Sua produção fica localizada em Três Picos, Nova Friburgo.

Tomé Lima – Formado em Engenharia Ambiental pela UFRJ. Formado em agroecologia pelo Programa MUDA/NIDES UFRJ, desenvolveu projetos de extensão, pesquisa e ensino relacionados ao tema. Trabalha desde 2012 com implantação e manejo de Sistemas Agroflorestais. Desde 2015 trabalha com assessoria e serviços em Permacultura pela empresa TAL Permacultura. Produtor orgânico no Sítio Flor de Vento desde 2021.

Nina Celli Ramos – Formada em Biologia com ênfase em Botânica e mestrado em Ecologia Vegetal, estudou o uso da homeopatia em plantas e animais, trabalhou com agricultores agroecológicos da região da Zona da Mata mineira, pelo Centro de Tecnologias Alternativas (CTA-ZM) e pela Universidade Federal de Viçosa. Professora de Ciências, mãe, artista e amante das cachoeiras e da cozinha natural, é a autora de diversos produtos como os pães integrais, bolos geleias e molhos.

17h – Expressão Cultural

Apresentação da brincadeira “O boi de luz”- As mãos de luz – com Maria Cristina de Morais e equipe.

SERVIÇOS

1ª Mostra da Socioagrobiodiversidade

Tema da 1ª edição: Agrofloresta e Orgânicos

Data, hora e local: 11 de fevereiro de 2023 (sábado) / 9h às 19 horas / Local: Usina Cultural Nova Friburgo (entrada pela Rua Dante Laginestra – Centro)

Classificação: Menores de 16 anos acompanhados do (a) responsável.

Entrada franca.

Facebook: socioagrobiodiversidade.nf

Instagram: @socioagrobiodiversidade_nf

Redes Sociais do EcoSerrano

Telegram
Grupo de Whatsapp 3
Grupo de Whatsapp 2 (lotado)  
Grupo de Whatsapp 1 (lotado) 
Instagram: @ecoserrano
Facebook: @ecoserranoo
Twitter: @serrano_eco
Youtube: EcoSerrano

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies
error: Content is protected !!