Exposição Unodiverso expõe trabalho de jovens artistas na Usina Cultural

141 visualizações

A artista plástica Mana Bernardes é a convidadas para a roda de conversa do Projeto Resistência

A WN Recursos Empresariais Ltda ME, com apoio da Fundação Cultural Ormeu Junqueira Botelho, Patrocínio da Energisa, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, apresentam a segunda etapa do Projeto Resistência Artística, com a mostra UnoDiverso.

A nova exposição estreia dia 5 de agosto e vai até 01° de outubro. A UnoDiverso tem como eixo temático os conceitos de identidade e coletividade. A mostra tem curadoria dos artistas plástico e arte-educadores Mario Moreira e Mario Massena, videografismo de Tiago Vianna, cenografia e ambientação do estilista e designer Tyrone e do produtor Cherman. A artista plástica Mana Bernardes é a convidada para  palestra e  mesa redonda,  que acontece dia 06 de agosto.  A mostra UnoDiverso vai apresentar a produção de 10 jovens artistas, selecionados via chamada pública pelo Projeto Resistência. Desenho, pintura, escultura, gravura, fotografia e colagem fazem parte das técnicas que o coletivo utiliza em seus trabalhos prévios e na imersão. Os dez selecionados se apresentarão com os nomes artísticos escolhidos durante a residência: Lalinwitch, Isadora N Ravenelle, Thayná Klein, Diego Delgado, Bibi Rezende, Danilo de Freitas, Pedro H. Lobo Helena Louback de Souza, Ron Mtt e Higor.

Mario Massena, responsável pela residência, acompanhou os jovens desde a seleção até a produção das obras inéditas. O arte-educador explica o conceito que norteou a nova mostra, que pretende continuar proporcionando muita interação com o público:

“A Identidade é o conjunto das características e traços próprios de um indivíduo, conformando singularidades pessoais. Também é a consciência que uma pessoa tem dela própria, e que a torna única, alguém diferente das outras. Um sentimento de unidade, algo uno dentro de uma subjetividade particular. Embora muitos aspectos que constituem a Identidade sejam inatos ou hereditários, o meio, assim como a cultura exercem influências sobre a conformação da especificidade de cada indivíduo. Assim Identidade e Coletividade não devem ser vistas como conceitos em oposição ou polaridades dicotômicas, mas antes como ideias que se superpõe, ou até como polos que se complementam. Na Identidade enfatizamos o singular, na Coletividade a diversidade.”

Mario Massena informa que o projeto propõe a possibilidade de ler o mundo de modo mais amplo e sensível: “A arte-educação oferece ao indivíduo o acesso à arte não só como linguagem, mas também como campo do conhecimento. Assim busca desenvolver a percepção, a imaginação, a criatividade, o gosto estético, fortalecendo aspectos da identidade individual e a compreensão relacional do indivíduo na coletividade”, destaca.

Em tempos de polaridade, Mario Moreira, curador do Projeto Resistência, reforça que a UnoDiverso vem se apoiar principalmente na capacidade de diálogo e conexão. O projeto Resistência Artística já expôs a Mundocircus, recorde de púbico na Usina Cultural Energisa, e pretende continuar valorizando o exercício da pesquisa e da produção artística na cidade e na região.

UnoDiverso

Data: 05/08/2022 a 01°/10/2022

Terça a sábado

Local: Usina Cultural Energisa

Horário: das 13 às 20h

Gratuito

Classificação Livre

Mana Bernardes – Palestra e mesa redonda

Data: 06/08/2022 (sábado)

local: Usina Cultural Energisa

Horário: 15h

Gratuito

Classificação Livre

Mana Bernardes

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies
error: Content is protected !!