Vai começar o Carnaval 2022 em Nova Friburgo

190 visualizações

Veja o que as escolas de samba vão contar na Av. Alberto Braune, este ano

O Reencontro com a Folia é o tema central do Carnaval 2022. É também o slogan da Prefeitura de Nova Friburgo para a folia. Este ano, em razão da pandemia, o Carnaval será diferente do que manda a tradição.
A começar, por óbvio, pela realização da festa popular no ar frio de maio e não no calor envolvente de fevereiro. Mas isso, ao que parece, não tem tirado a motivação dos foliões, ávidos por colocar o bloco na rua e desfilar suas fantasias.

Para coroar a volta por cima, as oito escolas de samba do município prometem emocionar o público friburguense na Av. Alberto Braune.

Os desfiles começam nesta sexta-feira, 13, a partir das 21h, com as escolas do Grupo A. Pela ordem, desfilam Globo de Ouro, Bola Branca, Unidos do Imperador e Raio de Luar. No sábado, 14, é a vez das escolas do Grupo Especial. Pela ordem, desfilam Unidos da Saudade, Alunos do Samba, Imperatriz de Olaria e Vilage.

O EcoSerrano traz para os leitores um aperitivo do que as agremiações estão preparando para este ano.

Confira:

Globo de Ouro

Ficha Técnica:

Fundação: 30/03/1977

Cores: Azul Royal e Amarelo Ouro

Símbolo: Globo

Bairro: Vila Amélia

Títulos: 1991, 1992, 1993, 1994, 1996, 2004, 2005, 2007, 2010,

2014, 2015, 2018, 2020

Presidente: Cailan da Silva Cardoso.

1º Secretário: Patrícia Altomare da Cruz Rangel

1º Tesoureiro: Nelson Narcizo Mendes

Enredo: OSSAIN O PODER DA CURA !!

Carnavalesco: Paulo Schymydt

Diretor de Carnaval: Cailan da Silva Cardoso

Diretor de Harmonia: Fabiano de Araújo.

Diretor da Barracão: Clemilson Araújo

Mestre Sala: Marco Antônio Amaral de Souza

Porta Bandeira: Analiz Pereira de Souza

Bateria Kamikaze

Mestre de Bateria: Leonardo Machado.

Rainha de Bateria: Paola Muniz

Diretores: Caio Flores, Jean Rodrigues, Victor Hugo Ferreira, Peterson

Moura, Renan Reis, Norival Bezerra, Pablo Calenzani.

Carro de Som:

Intérpretes: Toninho Silva e Rodrigo Lemos.

Outras Vozes: Sonia Machado, Wagner Freitas, Eliandro Torres,

Raiane Jardim e João

Cordas: Rodrigo Moreno, Taylã Neves e Gabriel Ribeiro.

Comissão de Frente: Pedro Prince, coreógrafo.

Musas: Luana Moraes, Isabela Santos, Dandara Nery e Clara Ventura.

Muso: Igor Conceição

Direção Geral de Carnaval: Nelson Narcizo Mendes.

Ordem do desfile: 1ª

Bola Branca

Em 2022, o Bola Branca traz para a avenida o enredo Ibukun – “Em nome de Deus o dom de curar”- Caridade, fé e amor. Enredo escrito pelo carnavalesco Marcio Venancio e desenvolvido junto ao irmão Marcelo Venancio. O Bola Branca vai contar na avenida uma história de fé, caridade e amor, que atravessou barreiras desde a África até o Brasil com toda sabedoria, humildade e o dom de curar. Faremos um tributo as benzedeiras, patrimônio cultural do nosso país.

Ficha Técnica

Fundação: 25/01/1974

Cores:   Preto, branco, azul e rosa   

Símbolo:  Bola branca        

Títulos: 6 títulos

Presidente: Odete Silveira

Vice-presidente: Patrick Silveira

Diretor de carnaval: Comissão de carnaval

Diretor de Harmonia : Michele e Amaral

Enredo: Ibukun – ” Em nome de Deus o dom de curar ” – Caridade, fé e amor!

Compositores: Marlon Dias , Taylan Neves e Luiz Murillo 

Carnavalesco: Marcelo Venancio e Marcio Venancio

Comissão de Frente: Weverton Paixão

Autor do enredo: Márcio Venancio

Intérprete:  Tiago Santos

Bateria: bateria Invocada / Mestre Lucas

Ritmistas:  70

Rainha de Bateria: Viviane Oliveira

Rei de Bateria: Eduardo Moraes

Musa: Bruna Alves

Muso: Welerson Martins

Mestre Sala e Porta Bandeira: Cleison e Innay

Componentes: 400

Alegorias: 4

Alas: 13

Colocação em 2020: Terceiro lugar

Ordem de desfile: 2ª

Unidos do Imperador

Fé. Este é o enredo da Unidos do Imperador para 2022. Segundo o presidente da agremiação, a Fé será abordada nas suas mais variadas formas e práticas. O enredo também vai falar da discriminação da sua fé e de como ter fé pode mudar o mundo.

Ficha Técnica

Presidente: Roberto Carlos Da Silva 

Vice Presidente: Tatiano Augusto

Tesoureira: Yndaiara Dos Santos Silva  

Diretor de Carnaval: Hemiliano Lemos 

Diretores de Harmonia: Mônica E Lucas

Diretoras de Baianas: Cristiane  E Eliete

Carnavalesco: Fábio Miele

Intérprete: Tony Ramalho; Jackson Volgaran; Pinguim; Léo (Violão); Willian (Cavaquinho); Paulo Victor Sabará

Diretor de Bateria: Tatiano Augusto 

Enredo:  Naquilo que não se vê certeza do que se crê a Fé que Habita em mim também habita em você

Alas: 13 

Componentes: 500

Alegorias: 4

Ordem do desfile: 3ª

Raio de Luar

A África como centro da origem de todos os povos. O Raio de Luar vai contar a história de como a nossa civilização surgiu, em duas das teorias de que os primeiros povos se formaram no continente africano. Através de adaptações e mistérios, a agremiação pretende homenagear a Mãe África, berço da humanidade.

Ficha Técnica

Fundação: 15/10/1970

Cores: Azul e Branco

Símbolos: Raio e Lua                          

Títulos: 16 

Presidente: Jorge Elei (Lelei)

Vice-presidente:Marina

Diretoria: Charles, Marlon, Diogo e Clóvis

Enredo:

Compositores: Coréia, Marlon Caetano, Átila Silva e Guto

Carnavalesco: Rangel e António

Comissão de Frente: Amanda Amaral

Intérprete: Guto

Bateria: Trovão Azul e Branco

Mestre: Marlon Estanislau

Ritmistas: 60

Rainha de Bateria: Pamela Jordão

Rainha da Escola: Marianna Bohrras

Musa: Danubia Monteiro

Muso: Júnior Gimenes

Mestre Sala e Porta Bandeira: Bryan e Danielem

Componentes: 350

Alegorias: 4

Alas: 15

Colocação em 2020: 2 

Ordem de desfile: 4ª

Unidos da Saudade

A Unidos da Saudade vai levar para avenida a história da metalurgia e como o metal teve papel importante para o desenvolvimento da humanidade, passando por períodos históricos como a Roma Antiga.

Ficha Técnica:

Fundação: 07 de setembro de 1948

Cores: Roxo e Branca
Símbolo: Flor da Saudade

Presidente: Cássio Sampaio

Vice: Fábio Nicolielo

Diretor de carnaval: Yorran

Diretor geral: Peter Filot

Carnavalesco: Amilton Almeida

Enredo: Metalurgia a chave do progresso

Integrantes: 1.200 desfilantes

Bateria: Treme Terra (Mestre Léo)

Rainha de Bateria: Suely Lúcio

Carros Alegóricos: 6

Diretores de Harmonia: Lívia e Felipe

Ritmistas: 120

Intérprete: Diego

Carro de som : Super Som

1º casal de mestre sala e porta bandeira: Douglas e Renata

2º casal de mestre sala e porta bandeira: Braian e Inhaē

Alas: 26

Ordem do desfile: 1ª

Alunos do Samba

A História do Brasil será contada pelo Alunão, na Avenida Alberto Braune. Através do mantra africano “Hakuna Matata”, eternizado pelo filme O Rei Leão, da Disney, a escola vai abordar a chegada dos portugueses, ou a invasão portuguesa ao Brasil. A escravidão dos indígenas será destaque, passando por grandes períodos históricos do páis até chegar aos dias de hoje. O desfile promete ter uma forte crítica social ao atual governo, marcado, nas palavras da agremiação, por uma filosofia que prega o ódio, racismo, preconceito e homofobia. 

Ficha Técnica

Fundação: 2/2/1946

Cores:  Azul e Branco  

Símbolo: Zé Carioca                 

Títulos: 14

Presidente: Alessandro Silva 

Vice-presidente: Carlos Santos 

Enredo: Hakuna Matata: Se existem problemas há solução , Se não há solução não existem problemas.

Compositores: comissão de carnaval  

Carnavalesco: Comissão de carnaval composta por Ernesto Carvalho, Felipe Borges e Paulo Schymydt 

Comissão de Frente: Oyama

Autor do Samba: Guto

Intérprete: Thiago

Bateria: Mestre Riquinho 

Ritmistas: 100

Rainha de Bateria:  Jéssica Gomes 

Rei de Bateria: Não tem 

Musa: Verônica 

Muso: não tem 

Mestre Sala e Porta Bandeira: Luiz e Jack 

Componentes: 980

Alegorias:5

Alas: 23

Comissão de frente: 15 bailarinas 

Colocação em 2020: 3 Lugar

Ordem de desfile: 2ª 

Imperatriz de Olaria

A Imperatriz de Olaria vai contar a história do Índio brasileiro. A escola vai mergulhar na vida, no costume, no comportamento e na personalidade do nosso índio. “Queremos não só mostrar um pouco do que é ser índio, mas também transmitir a mensagem de que ele, em toda sua totalidade, já se tornou para nós um irmão imortal”,destacou a sinopse do enredo.

Ficha Técnica

Cores: Vermelho e Branco
Presidente: Maria Sinésia Galdino
Diretor De Carnaval – Luan Santana Dias

Carnavalesco: Gilson Pereira Da Silva

Alegorias: 5

Alas: 20

Ritmistas: 100

Componentes: 1.000

Baianas: 30

Destaques: 23

1º Casal Mestre Sala e Porta Bandeira: Paulo Erick e Gabrielly Costa de Oliveira

Coreógrafa Comissão de Frente: Rafaella Ribeiro

Mestre De Bateria: Mestre Fred

Intérprete Oficial: Kaysso

Rainha de Bateria: Christina Féu

Destaque: Katia Ribeiro

Ordem do desfile: 3ª

 

Vilage no Samba

A Vilage no Samba vai mostrar a beleza e os encantos da Música Sertaneja. Estilo musical genuinamente brasileiro, que começou a ser produzido por volta de 1910, tendo seu surgimento diretamente ligado ao movimento Bandeirante paulista. A agremiação mostrará a essência desse estilo musical com ilustrações de fonte de inspiração do caipira para transbordar seus sentimentos nas mais belas modas e canções. A escola vai passar por grandes sucessos que marcaram gerações. As alas e alegorias farão o público viajar pela memória com esse estilo musical e identificar algumas dessas canções que nos trazem tantas recordações.

Ficha Técnica

Presidente: Joilter Sá Marques (Jotinha)

Vice-Presidente: André Matos

Tesoureiro: Carlos Renato de Andrade

Secretário: Luiz Augusto Guimarães Guima  

Direção Administrativa: Marcelo Cintra

Direção Jurídica: 

Direção de Quadra: Clovinho

Direção de Comunicação: Guto Guimarães 

Carnavalesco: Comissão de Carnaval (Jeferson Lima, Marcelo Cintra, Renato, Zumar)

Direção de Carnaval: Guto Guimarães

Direção de Harmonia: Sheila Neves, Fábio, Mirella e  Magaly

Direção de Ateliê: Carlinhos e Vilma

Direção de Barracão: Gilsinho e Igor 

Ferreiro Chefe: Gildo

Carpinteiros: Gilsinho

Aderecistas: Paulo Lospenato, Renato, Zumar, Lucas, Vinicius, Narciso, Ágni, Gabriel, Vania, Vanusa, Ademar e Verinha.

Pintura: Diego

Costureira Chefe: Maria

Velha Guarda: Tia Ana, Tia Teresa, Betu e Coreia

Coordenador de Destaques: Julio Santos

Responsável pela Ala das Baianas: Magaly

Responsáveis pela Comissão de Frente: Monara Costa e Eduardo Bueño

1º Casal de Mestre-Sala e Porta Bandeira: Lucas Araújo e Liana Amaral

2º Casal de Mestre-Sala e Porta Bandeira: Cleison e Alexandra

Interprete: Marcio Monstrinho

Mestre de Bateria: Negrety

Rainha de Bateria: Helen Santos

Princesa de Bateria: Kamille

Número de Alas: 17

Número de Carros Alegóricos: 4

Número de Elementos Cenográficos: 1 (Comissão de Frente)

Ordem do desfile: 4ª

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies
error: Content is protected !!