Nova Friburgo avança para se consolidar como referência em Ciência e Tecnologia

Publicado: Última atualização em 314 visualizações

Em parceria com Uerj, IBM e CEFET, o Hackatruck vai capacitar estudantes e pode potencializar investimentos no setor. 

Teve início na tarde desta segunda-feira, 1º de agosto, o Hackatruck Maker Space, que vai promover um curso de especialização em inovação em ciência e tecnologia. O curso é uma parceria do CEFET, IBM e Uerj e terá duração de cinco semanas.

O Hackatruck vai funcionar em um caminhão adaptado, que será utilizado como sala de aula e totalmente equipado com tecnologia e aparelhos de última geração. A estrutura está alocada no campus do CEFET, no Prado.

O que é o Hackatruck?

O HackaTruck MakerSpace Serviços Cognitivos é um projeto de capacitação profissional de estudantes de Instituições de Ensino Superior de Tecnologia da Informação, em desenvolvimento iOS para aplicativos móveis com aplicação em Internet das Coisas (IoT), enfatizando a aplicação de conceitos e práticas de serviços cognitivos em nuvem.

Como um projeto dinâmico e itinerante numa verdadeira capacitação sobre rodas, o Hackatruck vem inspirado pelo conceito maker com seu laboratório móvel constituído como um makerspace, um espaço onde os alunos criam e desenvolvem protótipos relacionados aos temas estudados.

Capacitação

A capacitação profissional tecnológica do Hackatruck MakerSpace Serviços Cognitivos se inicia em um curso à distância que inclui Lógica de Programação, Orientação a Objetos, Swift, JavaScript e RESTful APIs.

O curso abrange Programação Swift, Internet das Coisas (IoT) e aplicação dos conceitos e práticas de serviços cognitivos em nuvem, sempre de uma forma colaborativa, criativa e recheada de práticas. Com capacidade para 28 alunos por período, as capacitações acontecem através das parcerias firmadas com Instituições de Ensino de todo o Brasil.

Marco histórico

De acordo com o presidente do Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia, Marcelo Verly, sempre se pensou em tornar Nova Friburgo um polo de referência na área. Verly reforçou o papel fundamental das instituições de ensino nesta trajetória.

“Há 30 anos Nova Friburgo e suas lideranças falavam em tornar a cidade referência em tecnologia, inovação, software. Muito foi feito de lá pra cá. A vinda da Uerj, do Cefet, a criação da Secretaria de Ciência e Tecnologia, do Conselho Municipal e o próprio grupo InovaFri. É sempre importante reconhecer o papel das gestões das instituições de ensino superior, como CEFET e Uerj. O CEFET Nova Friburgo é o primeiro polo a receber o Hackatruck”, comemorou.

O diretor da unidade, professor André Mello, considera um marco o início do Hackatruck em Nova Friburgo e acredita que o projeto possa fomentar o setor dentro do município.

“Estamos fazendo história dentro do CEFET. O projeto inaugurou uma aproximação do Cefet com as chamadas big techs. É uma aproximação sólida. Nova Friburgo poder contar com uma Secretaria de Ciência e Tecnologia, é um marco e ganha corpo com esse passo de hoje. O curso é um elemento catalisador para explorar um potencial que já existe na cidade.”, finalizou.

Aula inaugural
Professor André Mello ao centro e Marcelo Verly a direita

4 comentários

cxNoJtmHgBDwTEnU 2 de agosto de 2022 - 22:03

vlgapiCsUQDd

Repetir
GYgyeiOvNCujdBpc 8 de agosto de 2022 - 22:34

KngjNrCt

Repetir
avSgylxXJT 20 de agosto de 2022 - 19:10

CsgPeHMuV

Repetir
gjbcMyZIqhsvzaTH 26 de agosto de 2022 - 14:24

xmJdsiMjvrE

Repetir

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies
error: Content is protected !!