MPRJ prende o secretário de Desenvolvimento Social de Sumidouro

Publicado: Última atualização em 73 visualizações

Conhecido como “Junior Coxinha” e sua companheira, Amanda Veiga, foram presos com suspeita de peculato e falsificação de documentos

A Promotoria de Justiça de Sumidouro e a Polícia Civil prenderam, na última semana, o secretário de Desenvolvimento Social de Sumidouro, Antonio Junior de Andrade Borges, conhecido como “Júnior Coxinha”, e a companheira dele, Amanda Veiga da Cunha, fiscal de contratos da pasta, durante a operação Exaustor.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Júnior Coxinha em razão de denúncias de crime de peculato e falsificação de documentos. Na casa de Coxinha e Amanda foram encontrados diversos itens supostamente comprados com dinheiro que deveria ser investido na Assistência Social. Entre eles, panelas, micro-ondas, aspirador de pó, liquidificador, entre outros.

No momento da chegada dos agentes, o secretário municipal jogou um celular pela janela na tentativa de evitar que provas de irregularidades fossem encontradas, mas o aparelho foi apreendido da mesma forma. A investigação teve início após denúncias de casos de falsificação de assinatura em notas fiscais de recebimento de mercadorias e esquema de pagamento de diárias recebidas por servidores em viagens que não foram realizadas.

As denúncias dão conta de que os valores eram repassados ao secretário e a outro servidor para pagamento de outras despesas da Secretaria. Ainda na casa do secretário e da fiscal de contratos da Secretaria, foram encontradas notas fiscais que estariam escondidas. As notas seriam referentes a parte dos itens encontrados na casa e todas teriam sido pagas pela Secretaria de Desenvolvimento Social. Júnior Coxinha assumiu a pasta de Desenvolvimento Social em janeiro de 2021.

Os presos foram encaminhados para a 111ª Delegacia de Polícia para prestar depoimento e devem ser levados para o sistema prisional em seguida. Os crimes de peculato e falsidade ideológica estão sendo investigados.

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies
error: Content is protected !!