Animal Selvagem é vista em estrada do Rio de Janeiro e desperta curiosidade

Publicado: Última atualização em 35745 visualizações

Vídeo foi gravado na RJ 116, na região serrana. Veja as imagens

Nesta semana, uma jibóia foi avistada atravessando a pista na RJ 116, um evento que rapidamente chamou a atenção nas redes sociais. O vídeo, publicado pelo perfil SOS Vida Silvestre, mostra o réptil deslizando lentamente pelo asfalto, em uma cena que ressalta a presença e a vulnerabilidade da fauna local.

NOVO CANAL DE DENÚNCIAS. Moradores de Nova Friburgo e região serrana podem compartilhar suas denúncias, flagrantes de acidentes, atropelamentos, crimes, registros de animais e paisagens. Entrem no canal e enviem fotos e vídeos. LINK PARA O CANAL: https://chat.whatsapp.com/ERr5AYCO0Nq0g0KXQC21iL

A SOS Vida Silvestre, organização que se dedica ao monitoramento e proteção da fauna e flora da Mata Atlântica na região serrana, aproveitou o registro para alertar sobre a importância da preservação da biodiversidade. A iniciativa faz parte de um trabalho contínuo de educação ambiental e fiscalização, visando a proteção de espécies ameaçadas e o equilíbrio do ecossistema.

O incidente também reforça a mensagem do movimento “Desacelere Pela Vida”, que busca conscientizar motoristas sobre a necessidade de dirigir com atenção redobrada nas estradas que cruzam áreas naturais. A campanha incentiva a redução da velocidade e a observância das sinalizações, especialmente em trechos onde a presença de animais silvestres é mais frequente. “Desacelere Pela Vida” destaca que a pressa e a imprudência podem ter consequências trágicas tanto para os motoristas quanto para a fauna local.

A jibóia avistada na RJ 116 é apenas um dos muitos exemplos de animais que enfrentam riscos diariamente devido ao tráfego intenso nas estradas que cortam seus habitats naturais. A presença do réptil na pista é um lembrete da necessidade urgente de medidas que promovam a coexistência segura entre humanos e animais.

Enquanto a SOS Vida Silvestre continua seu trabalho essencial de monitoramento, o movimento “Desacelere Pela Vida” apela à responsabilidade dos motoristas para que contribuam na preservação da vida silvestre. A união desses esforços é fundamental para garantir que cenas como a desta semana sejam vistas não apenas como curiosidades, mas como parte de uma estratégia de convivência harmoniosa entre o homem e a natureza.

1 comentários

Fernando Sérgio Lages Costa 3 de junho de 2024 - 08:02

O desmatamento desenfreado na região faz com que várias espécies desçam buscando alimentos. Há mais de trinta anos atrás, era difícil você ver uma jiboia aí, assim como algumas espécies de macacos. Cada um deve fazer a sua parte, preservando e não desmatando em benefício próprio. Triste ver um animal correndo perigo.

Repetir

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies