Motorista da Prefeitura de Cordeiro-RJ, região serrana do Rio de Janeiro, é acusado de dirigir bêbado ao transportar pacientes

Motorista de Cordeiro é acusado de transportar pacientes de câncer bêbado

1849 visualizações

Vídeo mostra toda a ação. Servidor foi parado na estrada, após paciente entrar em choque. Policial rodoviário, em revista ao veículo acha “prova” que pode piorar o caso. O vídeo está na matéria. Assista até o final

Na tarde desta quarta-feira, 5, uma situação alarmante envolvendo o transporte de pacientes com câncer da cidade de Cordeiro foi denunciada. Duas mulheres em tratamento oncológico e o marido de uma delas relataram que o motorista responsável pelo translado deles para um hospital fora do município estava dirigindo embriagado e em alta velocidade (o vídeo está no final do texto).

A partir de agora, os moradores de Nova Friburgo e região serrana contam com um novo canal para compartilhar suas experiências, denúncias e flagrantes através do portal EcoSerrano. LINK PARA O CANAL: https://chat.whatsapp.com/ERr5AYCO0Nq0g0KXQC21iL

De acordo com os denunciantes, o motorista, após deixar as pacientes no hospital, foi diretamente a um bar, onde passou um tempo considerável consumindo bebidas alcoólicas. “Ele estava se enchendo de cachaça”, afirmou o esposo de uma das pacientes aos policiais rodoviários. Quando o motorista retornou para buscar os pacientes, ele conduziu o veículo de maneira extremamente perigosa, alcançando quase 150 km/h e realizando manobras arriscadas. Uma das pacientes ficou em estado de choque devido à alta velocidade e à condução imprudente.

O esposo também relatou que o motorista estava visivelmente incapaz de ler ou formar palavras coerentes, indicando um estado severo de embriaguez. Apesar dos apelos dos passageiros para que ele parasse o carro, o motorista insistiu que os levaria de volta a Cordeiro.

Preocupados com a segurança, os passageiros conseguiram sinalizar para a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que prontamente ordenou que o veículo encostasse. Os policiais realizaram um teste do bafômetro no motorista, mas os resultados ainda não foram divulgados. Além disso, um vídeo gravado pelos passageiros documentou toda a ocorrência. No final da gravação, um policial federal encontrou um pino, sugerindo o possível uso de cocaína pelo motorista.

A situação causou grande indignação e preocupação, principalmente considerando a vulnerabilidade dos pacientes em tratamento. As autoridades estão investigando o caso para tomar as devidas providências e garantir que situações como essa não voltem a ocorrer. A segurança no transporte de pacientes é de extrema importância, e ações irresponsáveis como essa não podem ser toleradas.

A reprodução deste conteúdo em parte ou em sua totalidade, sem prévia autorização do EcoSerrano, pode acarretar em violação dos direitos autorais e resultar em uma ação judicial.

Redes Sociais do EcoSerrano

Telegram

Grupo de Whatsapp 3

Grupo de Whatsapp 2   

Grupo de Whatsapp 1  

Instagram: @ecoserrano

Facebook: @ecoserranoo

Twitter: @serrano_eco

Youtube: EcoSerrano

 

 

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies