Ataque Hacker em Nova Friburgo faz diversas vítimas

Onda de crimes digitais e ataques hackers em Nova Friburgo aumenta

698 visualizações

Somente na última quarta-feira, em menos de 01h, foram cerca de 10 vítimas a registrarem ocorrências na polícia. Veja todos os detalhes e os valores subtraídos pelos golpistas. Quantias impressionam

Na noite da última quarta-feira, 5 de junho, Nova Friburgo foi palco de uma preocupante série de crimes digitais. Em um intervalo de menos de uma hora, pelo menos oito moradores registraram boletins de ocorrência na 151ª Delegacia de Polícia (DP) de Nova Friburgo, alegando terem sido vítimas de golpes pela internet. Os ataques, que parecem ter sido executados principalmente via celular, envolvem a clonagem de telefones e subsequentes transferências bancárias significativas.

A partir de agora, os moradores de Nova Friburgo e região serrana contam com um novo canal para compartilhar denúncias, acidentes e flagrantes. LINK PARA O CANAL: https://chat.whatsapp.com/ERr5AYCO0Nq0g0KXQC21iL

De acordo com relatos de uma das vítimas, os criminosos utilizam técnicas sofisticadas para clonar os telefones dos usuários. Uma vez clonados, eles conseguem acessar informações bancárias e realizar transferências de grandes somas de dinheiro em questão de minutos. Os criminosos também conseguem se passar pelas vítimas e pedir dinheiro para amigos e parentes. Os valores subtraídos variam entre R$ 300 e R$ 2 mil, com alguns relatos de perdas superiores a R$ 5 mil. A notícia desses ataques causou grande preocupação entre os moradores de Nova Friburgo, especialmente devido à velocidade e eficácia com que os hackers agiram. Uma das fontes, parente de uma das vítimas, expressou indignação e medo pela facilidade com que os criminosos conseguiram executar os golpes.

Diante desse cenário alarmante, é fundamental que a população adote medidas preventivas para evitar ser vítima desses golpes. Algumas recomendações incluem:

  • Manter o software do celular atualizado
  • Utilizar autenticação em duas etapas para contas bancárias e de redes sociais.
  • Evitar clicar em links suspeitos ou fornecer informações pessoais a desconhecidos
  • Monitorar regularmente as transações bancárias para detectar qualquer atividade suspeita imediatamente.

Em caso de golpe, é importante que se faça o boletim de ocorrência na delegacia para ajudar na investigação dos crimes.

A reprodução deste conteúdo em parte ou em sua totalidade, sem prévia autorização, pode acarretar em violação dos direitos autorais e resultar em uma ação judicial.

Redes Sociais do EcoSerrano

Whatsapp EcoSerrano Ocorrências: https://chat.whatsapp.com/ERr5AYCO0Nq0g0KXQC21iL

Telegram
Grupo de Whatsapp 3
Grupo de Whatsapp 2 (lotado)  
Grupo de Whatsapp 1 (lotado) 
Instagram: @ecoserrano
Facebook: @ecoserranoo
Twitter: @serrano_eco

Youtube: EcoSerrano

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies