Pedido de afastamento de vice-prefeito ficou no cheirinho

Publicado: Última atualização em 130 visualizações

Lei Orgânica não prevê licença e vereadores alertaram que Serginho poderia perder o mandato

Na noite da última terça-feira, 5, o pedido do vice-prefeito, Serginho (Republicanos), foi retirado de pauta pelo vereador Zezinho do Caminhão (Republicanos), líder do governo na Câmara. A decisão foi tomada, após o vereador Christiano Huguenin (MDB), em seu momento de fala no plenário, alertar para o risco de perda de cargo, caso a Câmara de Vereadores aprovasse a licença. A vereadora Vanderleia Abrace Essa Ideia (PP), leu parte do artigo da Lei Orgânica Municipal que dispõe a não autorização da licença pleiteada pelo vice. 

O vice-prefeito de Nova Friburgo, Serginho (Republicanos), havia pedido afastamento do cargo, após receber convite do próprio Governador para assumir a Superintendência da Subsecretaria de Programas Especiais do Estado.

Segundo informações não oficiais, o desejo do vice-prefeito é ganhar visibilidade no Estado, para se lançar como pré-candidato a uma cadeira na Alerj.

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies
error: Content is protected !!