Carrapato em vegetação baixa

Rumores de doença contraída em montanha de Nova Friburgo aumentam

1096 visualizações

Jovens friburguenses teriam contraído aracnídeo ao praticar montanhismo. Prefeitura ignorou pedido de esclarecimento à população

Recentemente, circulou uma informação preocupante em Nova Friburgo envolvendo um grupo de adolescentes que realizou uma expedição até a Pedra do Imperador, localizada entre os bairros Cônego, Sítio São Luiz e Olaria. Segundo relatos, todos os jovens teriam contraído carrapatos durante a subida da montanha, e, ainda mais alarmante, alguns deles teriam sido diagnosticados com febre maculosa.

A partir de agora, os moradores de Nova Friburgo e região serrana contam com um novo canal para compartilhar suas experiências, denúncias e flagrantes através do portal EcoSerrano. LINK PARA O CANAL: https://chat.whatsapp.com/ERr5AYCO0Nq0g0KXQC21iL

A febre maculosa é uma doença infecciosa febril aguda, causada pela bactéria Rickettsia rickettsii, transmitida por carrapatos infectados. Esses aracnídeos são mais comuns em áreas rurais, como trilhas e matas, onde podem se alojar em animais silvestres e, eventualmente, em humanos. Os carrapatos infectados podem transmitir a bactéria para os seres humanos através da picada, liberando-a na corrente sanguínea.

Os sintomas da febre maculosa geralmente aparecem de 2 a 14 dias após a picada do carrapato infectado e podem incluir febre alta, dor de cabeça intensa, dores musculares, náuseas, vômitos, falta de apetite, manchas vermelhas na pele (especialmente nas palmas das mãos e solas dos pés), entre outros. Se não tratada precocemente, a doença pode evoluir para complicações graves, como insuficiência renal, hepática e respiratória, além de comprometer o sistema nervoso central, podendo levar à morte.

Diante da possível ocorrência de casos de febre maculosa entre os adolescentes de Nova Friburgo, o portal EcoSerrano procurou a Prefeitura local em busca de esclarecimentos. No entanto, mesmo diante de uma demanda de saúde pública e imenso interesse coletivo, a Prefeitura, via Secretaria de Saúde, ignorou o pedido de esclarecimento. O espaço segue aberto.

Para não deixar o leitor sem a informação completa, o portal EcoSerrano procurou uma especialista. Ela alertou para a época do ano, caracterizada por uma maior incidência da doença, e ressaltou a importância da precaução por parte da população. Mesmo sem a confirmação oficial dos casos, é fundamental que os moradores estejam cientes dos riscos e adotem medidas de proteção ao frequentar áreas propícias à presença de carrapatos, como o uso de repelentes, roupas adequadas e inspeção cuidadosa do corpo após atividades ao ar livre.

Além disso, é essencial que qualquer pessoa que apresente sintomas sugestivos de febre maculosa busque imediatamente atendimento médico para avaliação e diagnóstico precoces. O tratamento precoce com antibióticos é fundamental para evitar complicações e garantir a recuperação completa do paciente.

A reprodução deste conteúdo em parte ou em sua totalidade, sem prévia autorização, pode acarretar em violação dos direitos autorais e resultar em uma ação judicial.

Redes Sociais do EcoSerrano

Whatsapp EcoSerrano Ocorrências: https://chat.whatsapp.com/ERr5AYCO0Nq0g0KXQC21iL

Telegram
Grupo de Whatsapp 3
Grupo de Whatsapp 2 (lotado)  
Grupo de Whatsapp 1 (lotado) 
Instagram: @ecoserrano
Facebook: @ecoserranoo
Twitter: @serrano_eco

Youtube: EcoSerrano

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seu nome, e-mail e IP por este website.

Matérias Relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Privacidade

Políticas de Privacidade e Cookies